Notícia

07 de Novembro, 2016

Angelus: Papa pediu anistia para os reclusos

O Santo Padre pediu também uma melhoria das condições das prisões para que seja respeitada plenamente a dignidade humana dos reclusos

No Angelus deste domingo, dia 6 de novembro, o Papa Francisco convidou os fiéis a refletirem no “mistério da ressurreição dos mortos” fazendo referência à leitura da liturgia dominical proposta por S. Lucas na qual Jesus reafirma perante os saduceus a verdade da ressurreição.

O Santo Padre sublinhou que “a ressurreição não é apenas o fato de ressuscitar depois da morte, mas é um novo gênero de vida que já experimentamos hoje”. “A ressurreição é o fundamento da fé cristã” – declarou o Papa.

Após a oração do Angelus, Francisco, por ocasião do Jubileu dos Reclusos, apelou a uma anistia para os reclusos que sejam considerados idôneos de receber.

O Santo Padre pediu também uma melhoria das condições das prisões para que seja respeitada plenamente a dignidade humana dos reclusos.

O Papa Francisco referiu ainda a entrada em vigor nesta semana do Acordo de Paris sobre o clima do planeta. Recordou que a partir desta segunda-feira em Marrakech, Marrocos, terá início uma nova sessão da conferência sobre o clima. O Santo Padre fez votos de que todo o processo seja guiado pela responsabilidade para com a “casa comum”.

De registar a menção que o Papa fez aos 38 novos beatos proclamados no sábado em Scutari na Albânia, todos eles mártires do regime ateu que dominou o país no século passado.

 


Fonte: News.va


Horários de missa